Agtech / Tendências /


Confira o infográfico completo do 1º Censo AgTech Startups Brasil (em primeira mão)

infografico-censo

Em primeira mão na StartAgro: Infográfico traz o detalhamento dos resultados coletados pelo 1º Censo AgTech Startups Brasil, com dados sobre perfil das empresas de tecnologia para a agricultura, áreas de atuação, fontes de investimento e problemas e desafios do setor

A StartAgro publica agora, em primeira mão, o infográfico com o levantamento completo do “1o Censo AgTech Startups Brasil”. O trabalho é resultado de uma parceria entre a Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ/USP) e o AgTech Garage. Trata-se de um mapeamento inédito sobre o setor tecnologia para o agronegócio no País.

Um resumo do censo foi apresentado em palestra ministrada por José Augusto Tomé, Gestor do Ecossistema de Inovação e Empreendedorismo do AgTech Garage, durante o 2º AgTech Day. O encontro realizado em Piracicaba na quinta-feira (1/12/2016) pela EsalqTec, Canatec Coworking e Usina Monte Alegre. A Startagro foi uma das parceiras institucionais do evento.

A formação de um setor

No infográfico que você confere neste post, no entanto, constam detalhes valiosos sobre o nascente ecossistema AgTech brasileiro. Neste site também é possível conferir uma análise aprofundada dos resultados do Censo AgTech Startups Brasil feita pelos responsáveis direto pela produção do censo,  o já citado Tomé, o professor Dr. Mateus Mondin, do Departamento de Genética da ESALQ/USP, e Hermes Nonino, Membro do Conselho Consultivo do AgTech Garage.

“As empresas de AgTech tiveram um grande salto em número nos últimos três anos”, escrevem os autores. 

O censo identificou, por exemplo, que o Estado de São Paulo possui 50% do total de startups de AgTech do Brasil – desse universo, a maioria está na cidade de Piracicaba, que abriga 19% do total de empresas de base tecnológica para a agricultura do País.

LEIA TAMBÉM:

YouTube: Confira como foi o #STARTAGRO1
Antonio Morelli, CEO Agronow: “Eventos como o StartAgro ajudam a organizar o mercado”
StartAgro no Summit Agronegócio, do Estadão: Por que as startups avançam no mundo agro
Artigo: As aceleradoras de startups descobrem o agronegócio
Istoé Dinheiro faz reportagem sobre AgTech; StartAgro é ouvida e analisa a tendência
12 passos essenciais que você deve seguir ao criar uma startup AgTechStartAgro no Summit Agronegócio do Estadão: por que as startups avançam no mundo agro

As principais áreas de atuação das startups AgTech são Tecnologias de Suporte a Decisões (55%) e softwares para gestão (50%) – como cada startups poderia escolher mais de uma área de atuação,  as porcentagens podem ultrapassar os 100%.

Outro destaque fica por conta de Minas Gerais, com 18%. Esse novo setor do agronegócio deu um salto nos últimos três anos, e o número médio de funcionários trabalhando nessas empresas varia de 3 a 7, porém há empresas de apenas duas pessoas e outras com 80 funcionários.

Confira abaixo o infográfico completo do 1º Censo AgTech Startups Brasil. 

 

infografico01 infografico02 infografico03 infografico04 infografico05 infografico06 infografico07 infografico08 infografico09 infografico10 infografico11 infografico12