Agtech /


Startup YAK, de tratores elétricos, quer ser a Tesla da agricultura

ya-tratores-eletricos

Empreendedores de Joinville desenvolvem tratores elétricos com o objetivo de aumentar a escala da produção e reduzir custos do ciclo de carbono 

Por Pedro Romanos

A startup de YAK, dos empreendedores Adriano Schalinski e João André Ozório, é voltada para a produção de tratores elétricos que auxiliam nas fazendas, reduzindo o ciclo de carbono e maior escalabilidade para o fazendeiro. Saiba mais sobre a empresa de Joinville, Santa Catarinaa, neste post.

Nome:

YAK

O que faz:

A YAK é uma startup voltada para a produção de tratores elétricos

Que problema resolve:

Baixa produtividade na cadeia de cultivo orgânico familiar.

 

Qual o diferencial:

A YAK aposta na maior escalabilidade da produção, redução de custos no ciclo de carbono e um custo-hora operacional cerca de 70% mais baixo em comparação com tratores a combustão.

Modelo de negócio:

B2B e B2C com venda de maquinário.

Quando foi fundada:  

2016

Quem são os fundadores e/ou sócios

Adriano Schalinski : Engenheiro mecânico especializado em desenvolvimento de projetos de fabricação e automação industrial, com experiência em tratores agrícolas.

João André Ozório: Designer e empreendedor.

Quando foi seu momento eureka?

João Ozório conta que a ideia inicial da YAK era atender o mercado aviário com a criação de um produto para reduzir a emissão de gases do setor. Logo ele e seu sócio perceberam no mercado de tratores uma chance de utilizar a tecnologia desenvolvida pela empresa.

Estágio atual?

Pré-lançamento (prévia de produção para primeiro semestre de 2019).

Já recebeu investimento?

Sim.

Está em busca de investimento?

Sim.

Setor em que atua e concorrências:

Tecnologias para a agricultura voltada para tratores.

Concorrentes: empresas de tratores tradicionais.

Principais desafios:

O principal desafio da empresa é romper a barreira tecnológica no mercado de tratores.

Faturamento:

Sem faturamento.

Visão de futuro:

“Nossa visão é atingir o mercado global de produção em pequena, média e grande escalas”, conta Ozório.

O que sua startup gostaria de ser quando crescer?

“Nossa visão é tornar-se a Tesla da agricultura”, afirma João, em referência à companhia de carros elétricos criada por Elon Musk.

Qual foi o melhor momento da sua startup até hoje?

“Quando encontramos nosso mercado nicho, ver que nossa fisolofia de vida e empresa compactua perfeitamente com a de nossos clientes é muito motivador”, dizem os empreendedores.

Qual foi o pior momento da sua startup até hoje?

João conta que o pior momento da YAK foi no início de 2018, quando os investimentos pessoais começaram a se esgotar e a previsão da primeira captação não ocorreu como planejado.

Quem deu o primeiro sim para a sua startup?

O NITA (Núcleo de Inovação Tecnológica para Agricultura Familiar).

E o primeiro não?

“O não mais impactante veio de uma fonte de fomento que não nos aprovou na última etapa do processo. Aquilo nos frustrou muito”, diz João Ozório.

Saiba mais no site da startup.