Agrocorp / Agtech /


Desafio Camp de Ecoinovação Agrotech busca startups com solução para cadeia de grãos

Ecoinovação

O desafio Camp de Ecoinovação Agrotech será realizado entre os dias 18 e 20 de agosto, no Parque de Exposições Ney Braga, em Londrina, no Paraná. O projeto vai selecionar startups agrícolas que possuam soluções que aumentem a produtividade para a cadeia de grãos. Sediado na Sociedade Rural do Paraná, o evento é uma parceria entre a ONU Meio Ambiente, Sebrae e Embrapa e pretende reunir  empreendedores, investidores e especialistas em agronegócio.

As startups do agronegócio que quiserem participar podem se inscrever por meio do Portal do Sebrae até o dia 16 de julho (CLIQUE AQUI). O desafio contempla duas categorias: Ideias e Startups.

Categorias

Na categoria Ideias, o objetivo é avaliar projetos de empreendedores que não têm startups constituídas. Em Startups, o alvo são empresas já em operação e com tração nos negócios. Serão selecionadas 10 propostas por categoria, totalizando 20 para o desafio.

Os projetos inscritos devem estar relacionados a mais de um elo da cadeia, como emissão de carbono, perdas e ineficiências, resíduos, energia, agroquímicos, recursos hídricos, conservação do solo e soluções corporativas.

O primeiro lugar na categoria Startups ganhará o direito de ir a uma feira de sustentabilidade em Paris. O vencedor em Ideias participará da Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo (CASE).

Concepção

 O desafio Camp de Ecoinovação Agrotech foi lançado em Brasília durante a Campus Party, no dia 16 de junho, no estande do Sebrae, e definiu a a SRP como sede do evento em razão das experiências com inovação tecnológica no agronegócio, resultado de um trabalho iniciado há cerca dois anos.

srp-camp

 

SRP Valley

A SRP vem gradativamente se envolvendo em ações de apoio ao setor AgTech. Exemplo disso foi a realização de duas edições do Hackathon Smart Agro do Paraná, na Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina, em 2016 e 2017. O evento contou com a parceria de diversas empresas, instituições e entidades de pesquisa e fomento do setor.

Em maio, a SRP inaugurou, com seis startups do agronegócio, a aceleradora GO SRP AGRITECH, em parceria com o Sebrae e Senai de Londrina. “A tecnologia é uma realidade, não tem volta. Investir em inovação é necessário e a SRP pretende na exposição de 2018 dar mais espaço para a tecnologia no campo e continuar cada vez mais investindo nesta área”, afirma Afranio Brandão, presidente da SRP. “Receber em Londrina, aqui na Sociedade Rural, um evento como o Camp de Ecoinovação Agrotech muito nos orgulha”, disse o presidente da SRP, Afranio Brandão.