Agrocorp / Agtech /


Com aporte de até R$ 5 milhões, Embrapa e Cedro buscam startups AgTech

Programa Finep Startup

Mas atenção: o prazo para inscrições está no fim. Veja abaixo todos os detalhes e como participar  

A Embrapa e Cedro Capital, gestora de investimentos, criaram um programa de fomento a startups AgTech.  O “Pontes para a Inovação” vai selecionar empresas de tecnologia para o agronegócio que tenham soluções, por exemplo, de processamento de imagem para análise de plantio ou rebanho; agricultura e pecuária de precisão; sistemas que auxiliem os produtores e a cadeia do agronegócio a comercializar seus produtos e serviços; e plataformas de financiamento agrícola, entre outras soluções tecnológicas. O prazo para as inscrições vai até 31de outubro e podem ser feitas pelo site  www.pontesparainovacao.com.br

Podem se candidatar companhias com atuação na região central do Brasil, contemplando Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Minas GeraisAs empresas devem ter sede nesses estados ou ter clientes na região ou a intenção de expandir suas operações para algum desses estados.

“Queremos fomentar o surgimento de grandes companhias com foco no agronegócio. Para isso, nos tornamos sócios minoritários dessas empresas e atuamos no alinhamento da gestão e governança corporativa para que elas cresçam de forma sustentável e sólida”, afirma Bruno Brito, sócio da Cedro Capital, gestora do fundo de investimento.

“É preciso criar novos canais e novas fontes de recursos para pesquisa e transferência de tecnologia, principalmente em um cenário de restrições orçamentárias”, diz Daniel Trento, coordenador da iniciativa pela Embrapa. 

 Como se inscrever e requisitos

A escolha das startups será feita por representantes da Embrapa e da Cedro, e os aportes podem variar entre R$ 1 milhão e R$ 5 milhões por projeto. O programa vai escolher startups cujo faturamento anual não ultrapasse R$ 16 milhões e que tenham a tecnologia como parte fundamental do negócio.

As inscrições podem ser feitas até 31 de outubro (clique aqui). As empresas selecionadas deverão fazer uma apresentação para a comissão examinadora, que pode ser presencial ou por videoconferência. Se forem selecionadas como finalistas, os representantes das empresas serão convidados a fazer uma apresentação presencial de seus negócios na Sede da Embrapa.