Banner-Home / Food Tech /


Ambev lançará água potável em latas de alumínio

A ideia de tomar água em latas de alumínio pode parecer estranha, mas em breve a Ambev vai colocar no mercado brasileiro as latinhas da Ama, sua linha de água potável. Será a primeira opção do tipo disponível no país. O objetivo da empresa é reduzir o uso de plástico. A principal vantagem do alumínio é que ele é 100% reciclável e pode ser reaproveitado muitas vezes.

A Ambev não está sozinha nessa tentativa. Há alguns meses, noticiamos aqui no StartAgro que a PepsiCo estava lançando versões enlatadas da sua marca Aquafina, que deve chegar ao mercado em grande escala a partir de 2020. A empresa espera trocar toda as embalagens atualmente oferecidas por versões compostáveis, biodegradáveis ou recicláveis até 2025. 

Leia mais:
PepsiCo: trocando garrafas por latinhas
Maneje Bem vence competição de startups da Ambev

O mercado também tem sido explorado por algumas startups. É o caso da Liquid Death, criada por um executivo da Netflix. A embalagem aposta em imagens de caveiras e frases engraçadinhas (“Morte líquida vai assassinar sua sede!”) para vencer a concorrência. 

O Brasil tem o maior índice de reciclagem de alumínio do mundo: 97,3%, de acordo com um levantamento da Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas) e da Associação Brasileira do Alumínio (Abal), o que favorece o uso das latinhas com substitutas para as garrafas de plástico, que costumam ser usadas uma única vez. Outras pesquisas apontam que 71% de todo o alumínio já criado continua em uso até hoje. Grupos ambientais, no entanto, afirmam que a substituição aumentaria a demanda pelo metal, e a exploração das jazidas é bastante prejudicial.