Agrocorp / Agtech /


7 dicas para fazer apresentações matadoras dignas do TED

Apresentações matadoras dignas do TED

Existem técnicas que ajudam o empreendedor AgTech a montar apresentações matadoras dignas do TED, seja para palestras, seja para reuniões de negócios. Não é difícil, mas requer método, empenho e criatividade

Quais as maneiras de fazer alguém se interessar pelo que você diz? Como um empreendedor AgTech pode convencer equipes, clientes, investidores ou mesmo grandes plateias a abraçar sua ideia? Existem técnicas para isso, e nada melhor que aprender com aqueles que brilham na mais badalada conferência do mundo, o TED (Tecnologia, Educação e Design).

Criado em 1984 por Richard Saul Wurman, o evento atrai as atenções do mundo inteiro e já teve em seu palco nomes como Bill Gates, Bono Vox e Bill Clinton, entre tantos outros.

As apresentações já foram vistas mais de um bilhão de vezes no YouTube e funcionam como um grande celeiro de ideias inovadoras das mais variadas áreas do conhecimento.

O coach de comunicação e palestrante – do próprio TED – Carmine Gallo analisou mais de 500 palestras do evento para entender quais as regras básicas dos grandes oradores.

Sua investigação, que também contou com entrevistas com os palestrantes, resultou no livro TED – falar, convencer, emocionar, editado no Brasil pela Saraiva.

Segundo Gallo, a análise serve tanto para palestras como para negociações com clientes ou equipes de trabalho.

Bono Vox, do U2, é um dos exemplos citados por especialista

Bono Vox, do U2, é um dos exemplos citados por especialista

Confira abaixo algumas das dicas analisadas no livro:

1. Apaixone-se pelo seu tema– Mergulhe fundo para descobrir a sua conexão, mais expressiva e sem igual, com o seu assunto. Descubra o que faz seu coração bater mais forte. A técnica funciona porque estudos mostram que a paixão é contagiante, literalmente. Quando você se entusiasma pelo seu tema, sua energia e empolgação vão influenciar seus ouvintes.

2. Conte boas histórias – Estudos de neurocientistas mostram que as histórias estimulam e engajam o cérebro, ajudando o orador a se conectar com a plateia. “A história real e verdadeira de praticamente qualquer homem – se relatada com modéstia e isenta de vaidade – é absolutamente divertida. Isso torna qualquer apresentação praticamente infalível”, segundo Dale Carnegie, um dos maiores gurus da oratória de todos os tempos.

3. Mostre algo novo à plateia– Revele informações novas para seu público, com uma embalagem diferente ou um jeito original e inovador de resolver um problema. Isso funciona porque o cérebro humano adora novidades. Um elemento estranho, incomum ou inesperado em uma apresentação intriga os ouvintes.

4. Inclua heróis e vilões– Do mesmo modo que em filmes ou romances, uma boa apresentação de negócios possui heróis e vilões. O orador revela o desafio (vilão) enfrentado por uma empresa ou setor. O protagonista (a marca heroína) se apresenta para lidar com o desafio e livrar os clientes do problema. Detalhe: evite personalizar os vilões, como citar empresas concorrentes.

5. Fale em tom coloquial – Repare bem nas palestras disponíveis no TED.com. Invariavelmente os oradores se comportam como se batessem um papo descontraído, natural e autêntico. Altere a velocidade da fala conforme sua intenção de enfatizar ou cadenciar a apresentação.

6. Use os gestos, mas com moderação– Palestrantes com a mão bolso, nem pensar. Liberte suas mãos, mas cuidado para não exagerar. Guarde os gestos mais expansivos para os momentos mais importantes. Isso ajudará a marcar as mensagens-chave, mas desde que eles sejam autênticos e compatíveis com seu estilo e personalidade.

7. Ensaie, ensaie, ensaie– Os grandes palestrantes do TED ensaiam exaustivamente suas apresentações. Você pode fazer isso sozinho, mas também amigos ou membros de sua equipe. O feedback é fundamental para acertar o tom e a mensagem.