Agtech /


SP Ventures faz aporte de R$ 6 milhões na Gênica, de controle biológico

Programa Finep Startup

Investimento é elevado para os padrões AgTech e demonstra a importância conquistada pela área de controle biológico aos olhos dos investidores 

A SP Ventures, gestora de investimentos responsável pelo Fundo de Inovação Paulista, acaba de fazer um novo aporte. A AgTech escolhida é a Gênica, startup de controle biológico com sede em Piracicaba. As informações são do site da revista Globo Rural.

O valor investido é de R$ 6 milhões, um padrão elevado para uma startup de tecnologia para a agricultura.  Com o aporte, a SP Ventures detém agora 44% das ações da Gênica.

O aporte na Gênica surge pouco tempo depois da Koppert adquirir a Bug, uma das pioneiras e mais-sucedidas empresas de controle biológico do País – a transação foi um marco para o AgTech brasileiro.

Veja mais detalhes na reportagem do site da Globo Rural.

___________________________________________________________________________

Agtech de controle biológico recebe investimento de R$ 6 milhões de fundo

Por Cassiano Ribeiro, da Globo Rural

Com venda de 44% das ações, Gênica pretende construir biofábrica em Piracicaba e apostar em ‘vacina’ contra a ferrugem asiática da soja

Nascida há pouco mais de dois anos em Piracicaba, no chamado Vale do Silício das Agtechs no Brasil, a Gênica é a nova investida da Sp Ventures, gestora de capital focada em empresas de inovação no agronegócio. O fundo decidiu realizar aporte de R$ 6 milhões na empresa, o mais alto valor já realizado pelos investidores numa startup de agricultura. A razão é simples. A Gênica é uma das poucas a atuar num segmento que registra crescimento exponencial no Brasil e também no mundo. Dados de associações ligadas aos biodefensivos indicam que o faturamento global com a venda dos produtos saiu de US$ 500 milhões para US$ 2 bilhões entre 2005 e 2014. Até 2020, a expectativa é de que o valor dobre.

O desempenho financeiro da Gênica cresce na mesma ordem. No ano passado, a empresa colocou no caixa R$ 5 milhões e para este ano o plano é engordar a conta em R$ 3 milhões, totalizando R$ 8 milhões de faturamento. As informações foram dadas com exclusividade à revista GLOBO RURAL. Com o aporte da SP Ventures, que abocanhou 44% das ações da startup, a empresa pretende construir uma biofábrica em Piracicaba, além de reforçar o comercial, marketing e distribuição (continua...)

Leia a reportagem na íntegra no site da Globo Rural.