Banner-Home / Notícias /


Softbank busca captar US$ 10 bilhões para apoiar startups afetadas pelo novo coronavírus

Em uma estratégia para mitigar os prejuízos econômicos causado pela pandemia do novo coronavírus, o grupo japonês SoftBank está em busca de US$ 10 bilhões para um novo fundo. Os recursos captados serão usados para ajudar as startups que fazem parte do portfólio de seu primeiro Vision Fund.

De acordo com a Bloomberg, US$ 5 milhões serão captados de investidores externos, e a quantia será completada pelo próprio grupo japonês. Fontes do site afirmam que a principal dificuldade será encontrar investidores dispostos a comprometer os valores pedidos, especialmente no Oriente Médio, já que os fundos locais sofrem com a queda nos preços do petróleo.

Leia mais:
Aceleradoras e fundos de VC estrangeiros chegam ao Brasil de olho em agtechs
SoftBank e Cargill investem US$ 161 milhões em food tech que produz carne em laboratório

A pandemia tem enfraquecido algumas das startups que fazem parte do fundo – e reforçado um questionamento antigo sofre a tese de investimentos do SoftBank, que faz aportes enormes em empresas que ainda não provaram ser capazes de gerar o retorno esperado. Por isso, o grupo está analisando quais startups de seu portfólio terão capacidade de sobreviver pelo próximo ano.

A Uber, por exemplo, perdeu mais da metade de suas viagens, principalmente depois que a modalidade corridas compartilhadas Uber Pool foi banida em alguns países como forma de evitar a disseminação do vírus. Outras, como a DoorDash, que oferece serviços de delivery, tem se beneficiado com o aumento dos pedidos de comida feitos por quem está em isolamento.