Agrocorp / Banner-Home /


Como agricultura urbana pode ser fundamental no desenvolvimento urbano

cidades-comida

Conheça projetos com o do Agrihood, de Detroit, que demonstram como as cidades podem participar do jogo da comida.

Por Ocean Malandra, de Detroit (EUA)

mundo alcançou um marco silencioso em 2008. Foi quando, pela primeira vez, a população urbana ultrapassou a rural – uma reviravolta única e importante na história da humanidade. Como alguém que cresceu no coração de uma cidade, sei por experiência própria que existem algumas facetas da vida urbana que não são muito cor-de-rosa, como a escassez de alimentos, que agora afeta quase 13% de todas as famílias nos Estados Unidos.

Ser afastado da natureza e do acesso à comida verdadeira é uma das coisas que tornam o gueto tão desagradável. Quando as pessoas carecem de necessidades básicas como comida fresca no país mais rico do mundo – um país, a propósito, que gasta US$ 20 bilhões por ano em subsídios corporativos para combustíveis fósseis – é porque algo está definitivamente errado no design das comunidades.

Por essa razão, quando vi a Michigan Urban Farming Initiative (MUFI) anunciar no final do ano passado que tinha acabado de lançar o que eles afirmam ser o primeiro bairro agrícola (AgriHood) do país, eu imediatamente contatei a organização sem fins lucrativos para descobrir mais sobre o projeto.

Localizada no bairro de North End em Detroit, a organização incipiente possui uma lavoura urbana de 2 hectares, um pomar de 200 árvores, um jardim sensorial para crianças, está construindo um centro comunitário de três andares e já forneceu mais de 50 mil quilos em produtos frescos gratuitamente para mais de 2 mil famílias, a maioria delas de baixa renda. (continue a ler na íntegra…)

CLIQUE AQUI PARA CONTINUAR A REPORTAGEM NA ÍNTEGRA NA PLANT PROJECT.