Agrocorp / Agtech / Tendências /


Agrishow exponencial: Veja os destaques da maior feira agrícola do Brasil

equipamento agrícola

Startups e empresas com soluções que envolvem blockchain, Big Data e Internet das Coisas estão entre os destaques da Agrishow 2018

Por João Rodriguez e Pedro Romanos

Maior feira de tecnologia da América Latina, a Agrishow começa no dia 30 de abril e vai até 4 de maio, em Ribeirão Preto, com uma forte presença AgTech, seja por meio das startups e empresas de tecnologia, seja com debates e discussões sobre tendências para a agricultura. Em outras palavras, o agroexponencial – tendência de uso intensivo de novíssimas tecnologias escaláveis na agricultura – invade a Agrishow por meio uma série de lançamentos e debates.

A Arena do Conhecimento, espaço de debates criado na edição do ano passado, contará com uma programação ainda mais abrangente em 2018, formada por palestras, fóruns e seminários, com o intuito de debater os assuntos mais importantes que norteiam a cadeia produtiva do agronegócio nacional.

Neste ano, soluções que envolvem blockchain, Big Data, Internet das Coisas e outras inovações para o campo serão destaque na feira. A Hexagon Agriculture, por exemplo, vai expor um software que aproveita dados coletados em tempo real e otimiza recursos e soluções para o campo, além do pré-lançamento do OEM (Original Equipment Manufacturer), uma tecnologia que oferece uma solução para integrar Computadores de Bordo dos tratores com máquinas agrícolas e implementos em uma interface.

Já a Embrapa Informática Agropecuária leva para a Agrishow os aplicativos Roda da Reprodução (gestão de rebanho leiteiro), Códex (gestão para adequação ao Código Florestal) e Agritempo (informações meteorológicas), além dos sistemas Agroideal, Infoteca-e, SATVeg, WebAmbiente e WebAgritec que reúnem um acervo com informações tecnológicas, inteligência territorial e tecnologias.

Confira abaixo alguns dos destaques da Agrishow 2018. 

Solinftec: A empresa de agricultura digital Solinftec, de Araçatuba, vai apresentar na feira a Alice, seu sistema de inteligência artificial. “A Alice, que utiliza um sistema baseado em redes neurais e deep learning, está sendo treinada para analisar grandes massas de dados. Ela é capaz de detectar padrões que escapam ao olho humano. O objetivo é melhorar o rendimento, indicar quais seriam as melhores práticas, comparar, alertar e ajudar a programar as atividades da forma mais eficiente possível”, explica Daniel Padrão, CEO da Solinftec. Além disso, a companhia tem uma programação de palestras e debates em seu estande, que tem 300m².

Palestra sobre Big Data na agricultura

O chefe-geral da Embrapa Territorial, Evaristo de Miranda, apresentará as características da nova agricultura 4.0 e discutirá em que condições o chamado big data pode ajudar o produtor rural. Ele será um dos palestrantes do Agroclima Show, fórum sobre o clima e impactos no agronegócio, promovido pela Climatempo, no dia 2 de maio, no espaço da Arena do Conhecimento, na feira internacional de Ribeirão Preto, SP.

Para Miranda, o simples acúmulo de grande volume de dados é incapaz de resolver qualquer problema da agropecuária. Ele defende o right data, a informação qualificada e precisa para dar respostas a dificuldades reais. “Ele é produzido por quem tem capacidade de analisar a realidade rural e dar soluções aos desafios, até a partir de algum big data”, explica.

John Deere: A principal inovação da empresa na feira é o software DN 1006, criado em parceria com a GreenSystem, que monitora a fazenda e mapeia oportunidades de redução de custo nos mais diversos setores como insumos, clima, pecuária e lavoura.

Açôres: a empresa especializada em tecnologias para pesagem e contenção de bovinos traz novidades na área, tendo como principal inovação o Tronco Premium III, recomendado para pecuaristas dos sistemas de engorda, ciclo completo e confinamento.

Climate: Empresa do grupo  Monsanto, a Climate apresenta um software que cria um mapa 3D das fazendas, simulação de casos reais e testes prévios para o agricultor ter uma previsão mais exata e maiores resultados.

Atech: A plataforma de gestão de ativos e integração logística apresenta a a plataforma Conexões Inteligentes, um software de monitoramento de estruturas elétricas e controle do consumo de energia.

CPE Tecnologia: a startup atualizou de seu software. O equipamento fica acoplado ao drone e permite um monitoramento preciso da fazenda. A lavoura é digitalizada pela tecnologia CPE e disponibilizada em tempo real.

AGROSMART: a startup voltada para análise climática estará na feira com um novos serviço de monitoramento. Em parceria com a SigFox, os softwares irão acompanhar em tempo real a chuva, umidade do solo e condições meteorológicas da fazenda.

Local do evento:

Rodovia Prefeito Antônio Duarte Nogueira, Km 321.

Horário: das 8h às 18

Informações: site da Agrishow